Sexta-feira
12 de Agosto de 2022 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
21ºC
Min
19ºC
Chuvas Isoladas

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
22ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
24ºC
Min
17ºC
Predomínio de

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
25ºC
Min
18ºC
Predomínio de

Controle de Processos

24/06/2022 - 19h06Magistradas concluem curso de medidas de autoproteçãoIniciativa inédita é resultado de parceria do TJMG, Amagis, ENM, PMMG e CBMMG

Magistradas de todas as regiões do Estado participaram de oficinas durante o curso (Crédito: Divulgação/Amagis/MG) O curso “Medidas de autoproteção para magistradas” foi encerrado nesta sexta-feira (24/6), depois de uma semana de aulas e oficinas para atuação segura e desenvolvimento de habilidades em situação de risco. A iniciativa inédita é fruto de convênio de cooperação mútua do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, por meio da Escola Judicial Edésio Fernandes (Ejef), com a Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), Escola Nacional da Magistratura (ENM), Polícia Militar de Minas Gerais e Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. No encerramento, o desembargador Caetano Levy, presidente da Escola Nacional da Magistratura, manifestou entusiasmo com a iniciativa que capacitou as magistradas. Ele agradeceu a todos os envolvidos na idealização e promoção da iniciativa pioneira. “Desde que assumimos a direção da Escola, tínhamos a preocupação com as colegas magistradas que, no país inteiro, têm sido vítimas de violência, inclusive feminicídio. E o melhor caminho é a prevenção, que passa por treinamento. Queremos ainda que seja replicado em outras unidades da federação”, afirmou. Durante o curso, as magistradas receberam treinamento e conheceram os princípios de segurança e destreza; assim como capacitação na adoção de procedimentos para atuar em autodefesa; aprimoramento na prática de direção de veículo com viés evasivo e defensivo; instrução nas ações específicas e pontuais sob a lógica do autossocorro; e desenvolver estruturas neurais e motoras para o correto emprego das técnicas de defesa pessoal. A desembargadora Kárin Emmerich, da 9ª Câmara Criminal, especializada em violência doméstica, Estatuto da Criança e do Adolescente e Execução Penal do Estado de Minas Gerais, foi uma das participantes do treinamento que reuniu magistrados de persas regiões do Estado. “Não há como falar de prevenção em relação à violência contra magistradas sem pensar em todas as mulheres. Estamos todas juntas nessa questão da violência. Quando a gente capacita mulheres é uma forma também de transmitir a outras essa possibilidade de defesa, proporcionando orientações para verificarem se estão numa situação de violência”, disse.  * Com informações da Amagis Diretoria de Comunicação Institucional – Dircom Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG (31) 3306-3920 imprensa@tjmg.jus.br instagram.com/TJMGoficial/ facebook.com/TJMGoficial/ twitter.com/tjmgoficial flickr.com/tjmg_oficial        
24/06/2022 (00:00)
Visitas no site:  16328015
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia