Terça-feira
28 de Junho de 2022 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Controle de Processos

26/05/2022 - 19h03Desembargadora Márcia Milanez recebe homenagens em despedidaMagistrada presidiu sua última sessão de julgamento antes da aposentadoria

A desembargadora Márcia Milanez, presidente da 8ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), recebeu uma série de homenagens, nesta quinta-feira (26/5), na última sessão de julgamento de que participou, antes da aposentadoria. A sessão foi realizada no Auditório do Tribunal Pleno do TJMG e contou com a participação de desembargadores, familiares, amigos, servidores e colaboradores do Judiciário. A homenageada chegou ao TJMG acompanhada do apresentador de TV Marcos Maracanã e foi recepcionada pela charanga do Clube Atlético Mineiro, time pelo qual torce.  O presidente do TJMG, desembargador Gilson Soares Lemes, abriu a sessão especial e disse que a desembargadora Márcia Milanez, "atualmente, a magistrada com mais tempo de Casa, tem o mérito também de ter sido a primeira a ocupar um cargo de direção no Tribunal mineiro e a presidir o Órgão Especial".  Ele disse que quando ela foi 3ª vice-presidente do TJMG, deixou uma forte marca, passando a ser chamada de 'Dama da Conciliação'. Afirmou ainda que foi sobretudo na área criminal e de execução penal "que ela deu suas maiores contribuições, aliando seu vasto conhecimento jurídico à enorme sensibilidade social e ao espírito humanitário”.  Desembargadora Márcia Milanez se despede da 8ª Câmara Criminal (Crédito: Cecília Pederzoli) Entre as autoridades que prestigiaram a solenidade, a ministra do Superior Tribunal de Justiça Nancy Andrighi agradeceu a convivência do tempo em que trabalhou com a desembargadora Márcia Milanez, em Brasília, junto à Corregedoria Nacional de Justiça. “Os trabalhos ganharam brilho especial. Todos os qualificativos da magistrada sempre estiveram envolvidos por uma imensa amorosidade, que somente o seu coração caridoso sabe gerar. A trajetória de trabalho da nossa homenageada perante o Poder Judiciário é povoado de luz, sabedoria, e equilíbrio”, disse. A filha da desembargadora Márcia Milanez, Ludmilla Milanez, representando também os irmãos Manuela e Plínio, que não puderam comparecer, manifestou imenso orgulho de estar presente. "Cresci vendo minha mãe mergulhada em pilhas e pilhas de processos, os malotes faziam parte da decoração da nossa casa. Vivi conversando com ela sobre os direitos e os deveres de cada um, sobre a responsabilidade de ajudar e garantir os direitos dos menos favorecidos. Acordo todos os dias com a missão de viver com os mesmos valores que ela sabiamente nos ensinou. Não cabe no meu peito o orgulho que sinto ao ver essas homenagens, orgulho da representatividade feminina que ela deixou neste Tribunal”, ressaltou. Autoridades, servidores, colaboradores, familiares e amigos da desembargadora participaram do evento (Crédito: Cecília Pederzoli) Os desembargadores Dirceu Walaci Baroni, Anacleto Rodrigues, Maurício Pinto Ferreira e Henrique Abi-Ackel, integrantes da 8ª Câmara Criminal, foram unânimes em declarar sua admiração pela homenageada, não só do ponto de vista profissional, mas também humano. Ao final dos discursos, os magistrados entregaram a ela uma placa. O corregedor-geral de Justiça, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo, disse ser testemunha do trabalho brilhante que a desembargadora realizou na área criminal. Da mesma forma, o procurador de Justiça Marco Antônio Picconi exaltou o legado da desembargadora, que, segundo ele, “tem um toque especial de dedicação, zelo e exemplo”. Ministra Nancy Andrighi, do STJ, exaltou a atuação da homenageada no Judiciário (Crédito: Cecília Pederzoli) Também se manifestaram o desembargador Raimundo Messias Junior; o conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Minas (TCE-MG), Durval Ângelo; o procurador Márcio Gomes, representando o procurador-geral de Justiça Jarbas Soares Júnior; o conselheiro federal da Ordem do Advogados do Brasil, Sérgio Murilo Braga, e o  jornalista Marcos Maracanã. Novos Rumos A banda da Polícia Militar executou "What a wonderful world", "La vie en rose" e "Amigos para sempre", pela homenageada e os desembargadores Antônio Armando dos Anjos e Júlio Gutierrez, colegas no Programa Novos Rumos, do qual a desembargadora Márcia Milanez foi coordenadora-geral, entregaram uma placa condecorativa para a magistrada pelos relevantes serviços prestados no Programa PAI-PJ. O desembargador Armando dos Anjos citou Bertold Brecht, quando diz que as pessoas imprescindíveis são aquelas que lutam a vida inteira, como a desembargadora. Desembargadores que também atuam na 8ª Câmara Criminal homenagearam a presidente em sua última sessão antes da aposentadoria  (Crédito: Cecília Pederzoli) O 2º vice-presidente eleito do TJMG, desembargador Renato Dresch, desejou sucesso para a desembargadora na sua nova fase de vida. O Ministro do Tribunal de Contas da União da União, Antônio Anastasia; o ministro do Superior Tribunal de Justiça, João Otávio de Noronha; o presidente do Senado, senador Rodrigo Pacheco; a desembargadora Beatriz Pinheiro Caires; e o desembargador Pedro Bitencourt, que não puderam comparecer, enviaram mensagens em homenagem à desembargadora. Ainda discursaram na sessão a desembargadora aposentada Hilda Teixeira da Costa; o presidente da Anamagis, juiz Magid Nauef Lauar; o escrivão da 8ª Câmara Criminal, Mateus Oliveira Pessoa; a escrevente da 8ª Câmara Criminal, Flávia Monteiro Vasconcelos; e o assessor Fábio Rocha. Pai e mãe A desembargadora agradeceu as homenagens recebidas e exaltou a convivência com todos que cruzaram seu caminho. Falou, de forma especial, da admiração pelos familiares. “Procurei sempre na vida pública, desenvolver os ensinamentos de honradez e equilíbrio que recebi de meu pai, cuja sombra há de estar sempre em minha memória. Coração de pai e amigo, igual ou maior que o dele, só de minha mãe, que imprimiu e moldou em meu espírito, com seu exemplo, gestos carinhosos e o amor ao próximo. Em todos os momentos decisivos da minha jornada, a memória deles me acode”, afirmou. Mesa de honra Compuseram a mesa de honra da sessão o presidente do TJMG, desembargador Gilson Soares Lemes; a presidente da 8ª Câmara Criminal, desembargadora Márcia Milanez; a ministra do STJ, Fátima Nancy Andrighi; o corregedor-geral de Justiça, desembargador Agostinho Gomes de Azevedo; o superintendente adjunto administrativa e presidente eleito do TJMG, desembargador José Arthur Filho; o procurador geral de Justiça adjunto, Márcio Gomes de Souza, representando o procurador geral de Justiça, Jarbas Soares Júnior; o corregedor do TCE/MG, conselheiro Durval Ângelo, representando o presidente do TCE, conselheiro Mauri Torres; a chefe de gabinete da Defensoria Pública de Minas Gerais, Caroline Loureira Teixeira, representando a defensora pública geral, Raquel da Costa Dias; o secretário adjunto da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, Jeferson Botelho; o ex-presidente do TJMG, desembargador Geraldo Augusto; e o presidente da Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis), Luiz Carlos Rezende e Santos.  Presidente Gilson Lemes disse que foi sobretudo na área criminal e de execução penal que a desembargadora deu suas maiores contribuições (Crédito: Cecília Pederzoli) Veja o álbum com mais imagens da sessão especial. Diretoria de Comunicação Institucional – Dircom Tribunal de Justiça de Minas Gerais – TJMG (31) 3306-3920 imprensa@tjmg.jus.br instagram.com/TJMGoficial/ facebook.com/TJMGoficial/ twitter.com/tjmgoficial      
26/05/2022 (00:00)
Visitas no site:  15843357
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia