Domingo
23 de Junho de 2024 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Segunda-feira - Rio de Jane...

Máx
32ºC
Min
24ºC
Chuva

Terça-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Quarta-feira - Rio de Janei...

Máx
35ºC
Min
27ºC
Parcialmente Nublado

Quinta-feira - Rio de Janei...

Máx
34ºC
Min
26ºC
Parcialmente Nublado

Controle de Processos

Aleac realiza solenidade em homenagem ao Dia Estadual da Mulher Advogada

Na manhã desta segunda-feira, 03, a Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) realizou uma sessão solene em homenagem ao Dia da Mulher Advogada, celebrado em 15 de maio. A solenidade, fruto de um requerimento apresentado pelo deputado Eduardo Ribeiro (PSD), reuniu advogados, autoridades e convidados para celebrar e discutir a importância da presença feminina no campo jurídico.O evento destacou as conquistas e os desafios enfrentados pelas mulheres na profissão, além de ressaltar a necessidade de maior igualdade de gênero e reconhecimento no âmbito jurídico. A sessão solene teve início com palavras de abertura proferidas pelo deputado Eduardo Ribeiro, que enfatizou a relevância da data e a importância de eventos como este para fortalecer a luta por equidade de gênero na advocacia.O presidente da OAB Acre, Rodrigo Aiache, ressaltou a importância da paridade de gênero, afirmando que “todos os cargos no Sistema OAB hoje são ocupados de maneira paritária, 50% de homens e 50% de mulheres”, que é um grande avanço para a igualdade de gênero dentro da Ordem dos Advogados do Brasil. Em uma reflexão pessoal, Aiache compartilhou histórias de mulheres fortes em sua vida, enfatizando que “a mulher tem que ser respeitada e que precisa ocupar espaços de poder.”A presidente da Comissão da Mulher Advogada da OAB/AC, Patrícia Peixoto, expressou sua gratidão e emoção ao participar da sessão. Ela destacou os avanços conquistados pelas advogadas acreana, especialmente pela persistência das precursoras como a Dra. Alexandrina, que enfrentaram grandes desafios para abrir caminho para as gerações atuais.“Enfatizo a necessidade de valorizar as mulheres advogadas diariamente, respeitando suas competências e demandas profissionais, como o adiamento de audiências por motivos de maternidade. Sublinho ainda a importância da união entre as advogadas para superar obstáculos e alcançar a verdadeira equidade na profissão”, completou Peixoto.A Dra. Alexandrina, presidente da Associação Brasileira das Mulheres de Carreira Jurídica no Acre (ABMCJ-AC) destacou a independência e a nobreza da advocacia, uma profissão que exerce há 45 anos com muito respeito e sem arrependimentos, apesar dos desafios enfrentados. “Considero a advocacia a melhor profissão, porque ela é independente. Nós podemos estipular nosso horário para poder advogar. É um ofício que eu exerço há 45 anos, com muita honra e respeito.”A vice-presidente da OAB/AC, Socorro Rodrigues, falou da importância da homenagem às advogadas acreanas, celebrada em 15 de maio, data instituída pela Lei nº 393 em homenagem a Maria Roseli Fernandes Gomes da Mata, primeira advogada a se inscrever na OAB-AC.“Nós estamos aqui para homenagear todas as advogadas acreanas pelo dia que essa Casa Legislativa escolheu”, declarou ela, enfatizando a luta histórica das mulheres por direitos e igualdade.Ela destacou ainda que “a presença feminina, com altivez e representatividade, pelo conhecimento e pelo empoderamento, desfaz aquela previsão de cotas que existia antigamente.” A vice-presidente também sublinhou o progresso significativo trazido por legislações como a Lei Maria da Penha, mas alertou que “há ainda muito o que transformar, notadamente, quando a participação da mulher no cenário político brasileiro está carente de lideranças femininas.”Ao final da solenidade, Eduardo Ribeiro expressou seu agradecimento pela presença de todos. Ele destacou a importância da Ordem dos Advogados do Brasil e mencionou persos projetos de lei voltados à promoção dos direitos das mulheres.Ribeiro reconheceu também a atuação das três deputadas presentes no parlamento e destacou outras mulheres em posições de destaque no Estado, como a procuradora-geral, Janete Melo, a defensora pública-geral, Simone Santiago, e a presidente do Tribunal de Justiça, desembargadora Regina Ferrari.
Fonte:
CAAAC
04/06/2024 (00:00)
Visitas no site:  22970562
© 2024 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia