Quinta-feira
26 de Maio de 2022 - 

STANCHI & OLIVEIRA

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
Japão 1,86% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro, RJ

Máx
25ºC
Min
20ºC
Predomínio de

Sexta-feira - Rio de Janeir...

Máx
26ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Sábado - Rio de Janeiro, R...

Máx
28ºC
Min
21ºC
Predomínio de

Domingo - Rio de Janeiro, R...

Máx
27ºC
Min
22ºC
Predomínio de

Controle de Processos

Arquivo Judiciário recebe visita de equipe do Arquivo Municipal de São Cristóvão

O Arquivo Judiciário recebeu, na manhã desta quarta-feira, 19/01, a visita da equipe do Arquivo Público Municipal de São Cristóvão. Durante o encontro, foi apresentada toda a estrutura do prédio e serviços oferecidos no local, como a área destinada ao público para consulta processual e histórica, além oficina de restauração e limpeza de documentos antigos. “Nosso Arquivo é uma referência nacional. Primeiramente porque é um dos poucos do país que conta com um acondicionamento próprio do acervo. Segundo porque tem uma estrutura que permite a restauração de documentos antigos. Terceiro porque atendemos com velocidade as demandas da população e das Comarcas, que diariamente nos solicitam processos. Quarto porque estamos à frente na gestão documental, que engloba o descarte físico e eletrônico dos processos. Além disso, temos uma cadeira no Programa Nacional de Memória, o Proname, conduzido pelo Conselho Nacional de Justiça”, enumerou Mônica Porto, Diretora do Arquivo Judiciário. Adailton Andrade, Diretor do Arquivo Público Municipal de São Cristóvão e Presidente da Confraria Sancristovense de História e Memória, destacou que a primeira capital de Sergipe completou 432 anos. “Apesar disso, não se tinha em São Cristóvão, no passado, uma preocupação de salvaguardar a história. Agora, temos um gestor que tem compromisso com a história da cidade e o depósito de documentos está sendo transformado em Arquivo, dentro de uma linguagem de gestão documental. Temos, pela primeira vez, estagiários do curso de Biblioteconomia da UFS”, informou Adailton. “O Desembargador Edson Ulisses, que faz parte da nossa Confraria, ficou encantado com o acervo que temos tanto na Confraria quanto no Arquivo e, de pronto, disse que o Arquivo Judiciário estaria a nossa disposição. Temos grande interesse no know-how do Arquivo Judiciário, quanto ao cuidado com restauração e higienização do acervo”, explicou Adailton. Para Mônica Porto, não existe um povo sem história. “Por isso, é louvável quando um administrador tem essa visão para a relevância da memória”, ressaltou. No Arquivo Judiciário podem ser encontrados centenas de documentos históricos, uma rica fonte de pesquisa acadêmica, entre eles processos relativos a João Mulungu, líder de quilombos sergipanos, no início do século XX; sobre a passagem de Lampião por Sergipe; a primeira carta de alforria de um escravo no Estado; crimes marcantes, como o primeiro estupro julgado em Sergipe, em Porto da Folha; além de toda a história do Poder Judiciário estadual. Já o Arquivo de São Cristóvão também guarda inúmeros documentos datados a partir do século XIX. “Inclusive sobre João Bebe Água, a quem estamos com a missão de levar à sociedade uma nova visão sobre esse personagem que foi muito importante para a história da cidade, ao defender que a capital de Sergipe continuasse sendo São Cristóvão. Outra documentação que é de suma importância é a história das fábricas de São Cristóvão, das famílias Amado e Franco. Temos ainda fotos e documentos do início da República; do Festival de Arte, na década de 1970; da chegada de Irmã Dulce em São Cristóvão, em 1933, da romaria de Senhor dos Passos, que tem quase 300 anos de tradição e fé”, explicou Adailton. Quem desejar pesquisar informações no acervo do Arquivo de São Cristóvão deve entrar em contato com a Prefeitura Municipal. Serviço O Arquivo Judiciário existe há mais de 30 anos, sendo que a estrutura atual, localizada ao lado do Fórum Gumersindo Bessa, no bairro Capucho, em Aracaju, foi inaugurada em janeiro de 2005. É aberto à população de segunda a sexta-feira, das 7 às 13 horas, onde podem ser feitas consultas no acervo de processos e também documentos históricos. Visitas podem ser agendadas através do telefone (79) 3226-3724 ou pelo e-mail . . Por conta da pandemia da Covid-19, para a entrada no Arquivo é necessário apresentar o comprovante de vacinação, assim como acontece em outras unidades do Poder Judiciário de Sergipe.
19/01/2022 (00:00)
Visitas no site:  15399725
© 2022 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia